sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Tire suas dúvidas sobre higienização! Água sanitária ou Vinagre?Qual usar?

Tire suas dúvidas sobre higienização! Água sanitária ou Vinagre?Qual usar?

Tire suas dúvidas sobre higienização! Água sanitária ou Vinagre?Qual usar?
Qui, 25 de Agosto de 2011 22:43
PDF Imprimir E-mail
Alvejante ou água sanitária?

Como geralmente ficam lado a lado nos supermercados, os alvejantes e as águas sanitárias podem parecer o mesmo produto para o consumidor. Mas fique atento, pois ambos têm funções e composições específicas. O princípio ativo do alvejante não é necessariamente o cloro, ao contrário da água sanitária. Além disso, o primeiro tem agente corante e odorizador. Portanto, somente a água sanitária é ideal para promover a higienização de vegetais crus. Não use alvejante jamais!!!



Vinagre não resolve:

Atenção! Apesar de ser uma receita passada de mãe para filha, deixar a salada imersa numa solução de água com vinagre pode não promover a higienização. Não há evidências científicas de que o vinagre tenha uma ação eficaz na eliminação de qualquer tipo de bactéria. Evite usá-lo. Além disso, a solução de água sanitária sai muito mais barato do que a de vinagre. E também tem um custo menor em relação às soluções de hipoclorito de sódio, vendidas nos supermercados. O efeito do vinagre é bacteriostático, ou seja, ele só paralisa o micro-organismo.


Na hora da compra, opte por águas sanitárias de marcas reconhecidas no mercado. Observe, na embalagem, se o produto tem registro no Ministério da Saúde.

Aprenda a fazer a higienização:

Lembre-se de que frutas, como maçãs, pêras e laranjas, podem ser lavadas com auxílio de esponja e detergente neutro, a fim de reduzir os resíduos de agrotóxicos e maximizar a ação da solução de água sanitária no momento da higienização.


Para higienizar vegetais que serão consumidos crus, siga as instruções:

- Lave o alimento em água corrente e retire as impurezas, como terra, areia e argila e partes danificadas da hortaliça;
- Retire cascas, sementes, talos, raízes e outras partes indesejáveis ou não comestíveis;
- Coloque o produto imerso em água sanitária diluída em água por 15 minutos. A proporção deve ser de uma colher de sopa de água sanitária para cada litro de água.
- Por fim, após a imersão, enxágue o alimento em água potável por duas ou três vezes.


Não gosto de falar marcas, mas para comprar um produto seguro é necessário ter no rótulo a indicação de higienização de alimentos.

Um exemplo clássico é a Qboa, que tem no rótulo escrito que pode ser utilizado para higienização! Por isso fique atento! Só comprem esses produtos com essa especificação, que é autorizada pelo Ministério da saúde.



Um comentário:

  1. Prezado Dr.

    Imagine presentear pacientes e amigos com livro retratando assunto da sua especialidade, reunindo textos e imagens.
    Certamente a iniciativa fortalecerá vínculos construídos ao longo dos anos, sendo ferramenta de fidelização e geração de novos pacientes, pois a obra será compartilhada com familiares e conhecidos.
    Posso elaborar o conteúdo com a sua autoria (ghost-writer), pois tenho 37 anos de experiência retratando trajetórias pessoais, familiares e corporativas, inclusive no universo médico.
    O trabalho será desenvolvido com agilidade e custo razoável, podendo prestar uma homenagem inesquecível, inclusive póstuma.
    Estou à disposição para mais informações.
    Obrigado e até breve!

    (19) 99217-7849

    www.vidaescrita.com.br

    ResponderExcluir